Postagens populares

domingo, 26 de junho de 2016

A TRADICIONAL CIDADE PORTUGUESA DE ÁGUEDA, LOCALIZADA NO CENTRO DO PAÍS, E O FAMOSO DESTINO TURÍSTICO CARIBENHO, DE ARUBA PARTICIPARÃO DO FESTURIS GRAMADO DESTE ANO.

O paraíso não está muito longe dessa ilha fantástica.
Em 2016, a tendência de internacionalização do FESTURIS está sendo reforçada. Nesta semana mais dois importantes destinos de nível mundial confirmaram que estarão em Gramado como expositores durante a feira que ocorre de 3 a 6 de novembro: a ilha de Aruba e a cidade Águeda, em Portugal. 

Águeda, incrustada no centro de Portugal é um cidade de rica a gastronomia.
Em 2015 o FESTURIS Gramado - Feira Internacional de Turismo teve a participação de 66 destinos internacionais. 

Esta é uma das características do evento a cada ano: o aumento no número de participantes de outros países, fruto de um forte trabalho dos diretores da empresa Rossi & Zorzanello e do FESTURIS com foco no exterior.

Aruba possui hotéis fantásticos.
Um dos destinos mais procurados do mundo, a ilha de Aruba aposta na captação dos turistas brasileiros e vem com força para a feira. 

Destino cultural, de belíssimas praias e uma vida noturna muito atrativa, a ideia é mostrar um pouco destes atrativos no estande que será montado na feira em Gramado.

Na mesma linha, a cidade portuguesa de Águeda aposta cada vez mais na ida de brasileiros para lá. 

Gostosíssimas ameijoas.
Destino de rica gastronomia e doces tradicionais, e um dos expoentes na Europa, a cidade estará pela primeira vez representada na feira em Gramado com um estande de 24 metros quadrados. Ela se junta à TAP que já é expositora do FESTURIS há alguns anos.

Anualmente, participam da feira milhares de proprietários de hotéis e restaurantes do Brasil e do mundo, além de agentes de viagem e empresários, em um espaço de 22 mil metros quadrados que recebe mais de 2500 marcas e, entre elas, mais de 66 países e destinos internacionais. 

Rua dos Chapéus, em Águeda.
Só em 2015, o FESTURIS Gramado teve um impacto de R$ 212 milhões em geração de negócios entre os participantes, segundo o Observatório de Turismo da Universidade Federal Fluminense.

As inscrições estão abertas desde maio e para os agentes de viagem de forma free. Mais informações, inscrições e credenciamento pelo site www.festurisgramado.com

Confira algumas marcas já confirmadas no FESTURIS 2016.
Companhias aéreas:
Avianca, 
Air Europe, 
LATAM, Azul, 
United, 
TAP, 
South Africa, 
GOL, 
Aeromexic, 
Emirates,
Royal Air Maroc.

Empresas de turismo privadas e estatais: 
Alagoas, 
África do Sul, 
Abreutur, 
Aparecida,
Argentina, 
Aruba, 
Aviesp, 
Barbados, 
Café 35, 
Caminhos de Santiago de Compostela, Celebration Tours & Travel, 
Chocolates Planalto,
Cuba, 
Castelli, 
Gramado, 
Comissão Europeia de Turismo, Confederação Nacional do Comércio(CNC), Costa Verde Mar, 
Dinamarca, 
Dubai, 
Termas de Jurema, 
Egito, 
El Salvador, 
Espanha, 
Maranhão, 
Rio Grande do Sul, 
EUA, 
Estrela D'Alva Tours, 
FRT Operadora, 
França, 
Rede Vila Galé, 
GVA, 
Igualla, 
Ilhas Seychelles, 
Incomum Viagens, 
Israel, Ilhabela, 
Mato Grosso do Sul, 
Maranhão, 
México, 
MGM, 
Noruega, 
Foz do Iguaçu, 
Pernambuco, 
Paraná, 
Panavisión Espanha, 
Rede Harbor de Hotéis, 
Rede Laghetto de Hotéis, 
Rio Quente Resorts,
República Dominicana, 
Rio Grande do Norte, 
Rio de Janeiro, 
Rota Cervejeira, 
Perú, 
Sky Team, 
Confiança, 
Unejovem, 
Suíça, 
Sergipe, 
Travelport, 
Santa Catarina, 
Uruguai, 
UTL Turismo, 
Lynden Operadora, 
Visit Orlando, 
Kurotel e 


Bangalôs da Serra.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

ABAV-RJ ABRE INSCRIÇÕES PARA CURSO "MÍDIAS DIGITAIS APLICADAS ÀS AGÊNCIAS DE VIAGENS". COMEÇA DIA 4 DE JULHO E VAI ATÉ DIA 25

Os agentes de viagens interessados em entender mais sobre as inovações tecnológicas utilizando mídias digitais, conteúdo, planejamento e comunicação devem se inscrever no curso “Mídias Digitais Aplicadas às Agências de Viagens”, que terá início no dia 4 de julho, na Abav-RJ. 

A iniciativa faz parte do projeto Educação Corporativa, desenvolvido em parceria com a UFF, com o objetivo de capacitar e aumentar a competitividade do setor de agenciamento.

Com duração de 4 à 25 de julho e aulas toda 2ª e 4ª, das 19h às 21h45, o treinamento oferecerá aos participantes uma visão global dos tipos de mídias, como funcionam as redes sociais, como é possível mensurar sua efetividade, como aproveitar ao máximo as oportunidades no universo digital e como elas complementam estratégias convencionais de marketing.

O investimento é de R$200,00 e as inscrições podem ser feitas pelo e-mail abavrio@abavrio.com.br

A Abav-RJ está localizada na Rua Senador Dantas, 76, 2º andar, Centro. Telefone (21) 3231-7799.

Informações:
Curso - Mídias Digitais Aplicadas às Agências de Viagens.

Período - 04 de Julho à 25 de Julho (sendo ministrado toda 2ª e 4ª), totalizando 20 horas.

Professor- Filipe Farias.

Horário: 19h às 21h45

domingo, 19 de junho de 2016

O VAPOR BENJAMIM GUIMARÃES VAI VOLTAR A NAVEGAR NO VELHO CHICO, A PARTIR DE PIRAPORA. O NAVIO DA EPOCA DE 1920 IRÁ FAZER PASSEIOS TURÍSTICOS



Texto: Sérgio Moreira

Importante riqueza do patrimônio cultural mineiro, o Vapor Benjamim Guimarães, embarcação centenária mantida na cidade de Pirapora, será restaurado pelo governo estadual.

O secretário de Cultura de MG, Ângelo Oswaldo, comemorou mais essa ação de salvaguarda do patrimônio cultural mineiro. 

- Que o Benjamim seja restaurado e colocado em navegação. É um emblema da cultura barranqueira e do turismo, considerou.

Entre os reparos necessários, consta a recuperação do casco, do sistema de esgoto dos porões, revisão do gerador, pintura geral, entre outros. 

O Benjamim Guimarães
A embarcação é a única no mundo ainda funcionando pelo sistema original a lenha e caldeira. 

Foi construída em 1913, no Vale do Rio Mississipi (EUA) e configura-se como um verdadeiro museu flutuante. 

Após sua construção, navegou pelos rios da Bacia do Amazonas e desde os anos 1920 passou a fazer parte do cotidiano de Pirapora e região. 


De potencial invejável, a embarcação histórica tem como uso principal passeios turísticos na confluência entre os rios São Francisco e das Velhas. 

O vapor também recebe apresentação da “Sinfonia Velho Chico”, formada por músicos da Orquestra Sinfônica Jovem de Pirapora. 

A administração é de responsabilidade da Empresa Municipal de Turismo de Pirapora.

GARIBALDI PREPARA A FEIRA DO LIVRO QUE AGITARÁ A CIDADE GAÚCHA DE 4 A 9 DE OUTUBRO DE 2016. O SLOGAN DO CERTAME SERÁ "VIVA UMA AVENTURA, SE JOGUE NA LEITURA



A Feira do Livro de Garibaldi, que ocorrerá de 4 a 9 de outubro, já tem o slogan definido. Com a frase “Viva uma aventura, se jogue na leitura”, a vencedora do concurso foi Daniele Nunes, de 8 anos, aluna da 3ª série da Escola Estadual de Ensino Fundamental Armando Peterlongo.
A escolha foi realizada por meio de concurso aberto para toda a comunidade garibaldense, enfatizando a importância da leitura. 

O concurso contou com 197 inscritos, abrangendo as mais variadas faixas etárias.

A Feira do Livro de Garibaldi é uma promoção da Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Turismo e Cultura e Biblioteca Pública Municipal Frei Miguel.

A ILHA DE CURAÇAO, UM DOS DESTINOS PREFERIDOS POR TURISTAS DA TERCEIRA IDADE, CASAIS EM LUA DE MEL E FAMÍLIAS, E COM GRANDES INTERESSES ESTRATÉGICOS NO RIO GRANDE SUL


A ilha caribenha de Curaçao tem buscado novos destinos no Brasil para promover-se.

Quem está à frente desta tarefa são as empresárias Janaína Araújo e Giselle Makinde, sócias-proprietárias da Double Task, empresa de representação de destinos e quem cuida da conta do Escritório de Turismo de Curaçao no Brasil.

No último dia 15, visitaram o escritório de Curaçao em São Paulo os diretores do FESTURIS Gramado - Feira Internacional de Turismo, Marta Rossi e Eduardo Zorzanello, acompanhados de Rúbia Andrade, representante da Rossi & Zorzanello na capital paulista.

A reunião foi sugerida pelo jornalista e consultor em comunicação Marcos Júnior T. Oliveira.

"Curaçao é um destino completo. Tem de tudo e atende a todos os públicos desde os jovens, casais em lua de mel, famílias e grupos de terceira idade", comentou Janaína.

"Desde o ano passado pensávamos em participar do FESTURIS, mas por questões estratégicas não conseguimos, mas o mercado do Rio Grande do Sul é estratégico para Curaçao, especialmente pelo voo da Copa Airlines que sai de Porto Alegre", contextualiza Giselle.

Marta Rossi contou que o Salão Luxury é uma proposta nova e que surgiu após muitos estudos sobre o segmento de turismo de luxo.

"Participei da BIT, em Milão, e pude entender melhor como seria um salão dentro de um Festival de Turismo como o FESTURIS e chegamos ao formato que estamos apresentando", cita Marta Rossi.

"Alguns destinos que trabalham fortemente o turismo de luxo já garantiram presença e temos categorias diferentes de patrocínio e algumas com diferenciais, onde o cliente será atendido por mordomo e terá um transfer exclusivo. São propostas dentro de um conceito que desenhamos especialmente para o FESTURIS", finaliza Eduardo Zorzanello".

A visita de cortesia dos diretores da Rossi & Zorzanello ao escritório de Curaçao foi oportuna, pois o destino buscar novos mercados para aproximar-se do trade.

Na foto Eduardo Zorzanello, Janaína Araújo, Giselle Makinde e Marta Rossi.
Foto: Divulgação.

TÂNIA MALHEIROS LANÇA PRIMEIRO CD AUTORAL COM DIREÇÃO MUSICAL E ARRANJOS DE GILSON PERANZZETTA



A cantora Tânia Malheiros lança “A Moça no Espelho”, seu primeiro CD autoral, em show com direção musical do maestro e pianista Gilson Peranzzetta, responsável pelos 14 arranjos do álbum, que também compôs e canta uma música com ela. 

Será no dia 14 de julho de 2016, às 19h30m, na Sala Municipal Baden Powell, Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360, Copacabana, Rio.

O espetáculo terá participação especial do cantor e compositor Tantinho da Mangueira e dos músicos Zeca Assumpção (contrabaixo), Kiko Chavez (violão), Marco Túlio (sopros), João Cortez (bateria) e Gabriel Buzunga (percussão).




“A Moça no Espelho”, que dá título ao álbum é parceria de Tânia com a compositora e cantora Gisa Nogueira, irmã do saudoso João Nogueira.

O CD conta com duas participações especiais: o mestre dos sopros Mauro Senise enriquece o trabalho com sax e flautaem várias faixas. 


Já Tantinho interpreta “Sentença”, com Tânia, em homenagem a Xangô da Mangueira, um dos incentivadores da cantora no início de sua carreira profissional, há 15 anos.

No show, Tânia apresenta sambas de várias cadências como “Urgência”, com Lindóia Heringer e Luiz Carlos de Souza; “Um qualquer”, com Pecê Ribeiro; “Joguei na Balança”, com Renato Fialho; e “Fogo de Palha”, com Beto Fininho, além de “Me acovardei”, com Peranzzetta.

As faixas “Legado”, “Sinais de Alerta”, “Não Vim aqui pra chorar”, “Comendo Chocolate”, “Magia do Amor”, “Terra Fértil”, “Vovó Marieta”, além de “Sentença”, têm letra e música da cantora. 


Em “Não vim aqui pra chorar”, Tânia faz uma homenagem a grandes ícones do samba, como Donga, Vó Maria, Nélson Sargento, Wilson Moreira, Délcio Carvalho, Noca, entre outros.



“Vovó Marieta, a faixa que encerra o CD, é uma saudação de Tania a sua avó paterna.

Peranzzetta dá o toque especial ao trabalho com o seu piano, além do acordeom e dos arranjos primorosos. 


“Um CD com 14 sambas enriquecidos pelo Gilson Peranzzetta é um verdadeiro presente do céu para mim”, comenta Tânia Malheiros. No CD, há também a participação de Jimmy Santa Cruz (baixo elétrico).

A direção de produção é de Eliana Fonseca Peranzzetta. O pesquisador, jornalista e crítico de música Ricardo Cravo Albin, faz a apresentação do álbum. Fotos de Ana Luísa Marinho.

Serviço
Show de lançamento do CD “A Moça no Espelho”, de Tânia Malheiros, com direção musical de Gilson Peranzzetta.

Local: Sala Municipal Baden Powell – Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360

Dia
: 14 de Julho(quinta-feira) - Hora: 19h30m

Ingresso: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (Idoso, Estudante/Professores da Rede do Município)

Capacidade: 464 lugares

Telefone: (21) 2255.1067

Compra pelo telefone: (21) 3005.4104




www.taniamalheiros.com.br

sábado, 18 de junho de 2016

A SUÍÇA, É SEM DÚVIDA, UM DOS PAÍSES COM PANORAMAS ESPETACULARES CONHECIDA PELOS FAMOSOS E DELICIOSOS CHOCOLATES, E LUCERNA E SEUS ARREDORES SÃO UM DESTINO TURÍSTICO QUE NO ALVORECER DA TEMPORADA PRIMAVERA/VERÃO QUE PROPORCIONA NÃO APENAS AS BELEZAS NATURAIS MAS TAMBÉM FESTIVAIS DE MÚSICA QUE ACONTECEM AO LONGO DO PERÍODO. LUCERNA TEM 80 MIL HABITANTES E RECEBE ANUALMENTE 2,5 MILHÕES DE VISITANTES


Lucerna, na Suíça central, abre as portas para Temporada Primavera/ Verão europeia
É tempo de celebração! Começa a temporada Primavera/Verão, na Europa. 


Com a chegada desta nova estação, os festivais de música se espalham, as taças borbulham de champanhe, ou se colorem com Aperol Spritz e a natureza se mostra de forma ainda mais esplêndida. 

Assim, com todas essas características, que se traduz Lucerna, a cidade com vida própria na Europa central.

Com cerca de 80.000 habitantes atraindo mais de 2,5 milhões de visitantes todos os anos - Lucerna é ladeada por lagos e montanhas, e conta com uma grande pluralidade cultural que agrada a todos os públicos. 


A arquitetura permeia entre o contemporâneo e construções datadas de 1178. A vida noturna é efervescente, a sofisticação se faz presente através das maiores grifes do planeta e a alta cozinha domina restaurantes de gastronomia local e internacional. 

E, além de todas as atrações, a região também é o lugar ideal para esportes de aventura, caminhadas, ciclismo e mountain bike, principalmente na estação mais quente do ano.

Com a sua característica acolhedora e hospitaleira, Lucerna fervilha no verão e é palco de eventos que envolvem todos os ritmos e tribos. 

O setor hoteleiro é composto por mais de 50 hotéis e acomoda os visitantes de forma luxuosa, aconchegante e confortável. 

O centro cultural KKL Luzern, projetado por Jean Nouvel, é um dos locais que têm atraído muitos visitantes devido a uma programação intensa durante o verão, bem como os museus, teatros e festivais que ditam as novas tendências para toda a Europa. 


Cercada de história e tradições, a cidade também é a porta de entrada para a região de Lago Lucerna, e parada obrigatória, por ao menos 3 dias, onde se pode desfrutar de passeios inesquecíveis em meio à natureza, seja em barcos ou nas montanhas que cercam a região.

Lucerna é o ponto de partida de diversas excursões para os Alpes e é de lá o ponto de partida para regiões como Engelberg, que abriga uma das montanhas mais famosas da região, o Mt TITLIS que fica a uma altitude de 3020 metros e tem opções de lazer para todas as idades. 

Lá no alto, mesmo durante o verão, é possível ver e tocar na neve e a temperatura apesar de às vezes negativa, não é sentida devido a sensação térmica que no verão costuma ficar em torno de 10°C. 

Outro passeio imperdível é conhecer o Swiss Knife Valley ( Vale dos Canivetes Suíços ) no Centro de Visitantes da cidade de Brunnen, a menos de 1 hora de Lucerna. 

O mundialmente famoso canivete de bolso suíço Victorinox tem uma história longa e fascinante, que pode ser vivenciada no local.

Para um verão inesquecível, abrace a experiência da cultura, tradição, aventura e modernidade. Tudo num mesmo local, tudo na mesma cidade: Lucerna, a síntese do que há de melhor da Suíça.


>> Com chegar
O acesso ideal para chegar a Lucerna é de trem (a cada meia hora) do aeroporto de Zurique ou carro (rodovia A2 / A4).

Voos partindo do Rio: SWISS e companhias parceiras www.swiss.com

Novidade! Rio de janeiro agora tem voo direto para Zurique. Na Edelweiss, os voos iniciaram dia 22 de abril e ligará o Rio de Janeiro a Zurique, duas vezes por semana, às segundas e sextas-feiras.

Lucerna: a cidade com vida própria 
Lucerna, uma das cidades mais centrais da Suíça, é cosmopolita como uma capital, mas preserva o charme bucólico de uma típica cidade alpina.

Com cerca de 70.000 habitantes, Lucerna é a oitava maior cidade do país. Devido ao seu tamanho, à localização e seu potencial econômico, a cidade pode ser considerada como a capital da Suíça Central, e é uma das capitais turísticas do mundo, atraindo mais de 2,5 milhões de visitantes todos os anos. Lucerna é ladeada por lagos e montanhas, e conta com uma grande pluralidade cultural. 

A arquitetura permeia entre o contemporâneo e construções datadas de 1178. Com vida noturna efervescente, luxo representado através dos diversos restaurantes e lojas, gastronomia local e internacional, cercada de história e tradições a cidade é a porta de entrada para a região de Lago Lucerna, e parada obrigatória, por ao menos 3 dias. Esse é o tempo mínimo sugerido para quem quer conhecer a cidade e as regiões ao redor.

Com a sua característica acolhedora e hospitaleira, Lucerna fervilha e é palco para os inúmeros festivais de música, artísticos e culturais que envolvem todos os ritmos e tribos. 

O setor hoteleiro da região, composto por mais de 50 hotéis, comporta de forma luxuosa, aconchegante e confortável, os visitantes durante os períodos festivos, seja no verão ou no inverno.

Veja 5 Dicas imperdíveis:
1 – A primeira e mais importante é: Se “perca” pelas ruas da cidade andando a pé. Próximo à estação central já é possível avistar o principal cartão postal da cidade: a Chapel Bridge. 

Essa ponte, que existe desde o século XIV é decorada com pinturas originais datadas do século XVII que retratam a história da cidade e do país. 

Quase no meio da ponte fica a Water Tower, torre de 43 metros de altura, construída em 1303, que já foi usada como tesouraria, prisão e até local de torturas. Hoje é usada para realização de alguns eventos e fica aberta ao público em dias específicos.

Siga pela margem do rio e encontre a Igreja Jesuíta de Lucerna, considerada uma das mais bonitas da Suíça. 

Continue caminhando até a segunda ponte de madeira da cidade, a Spreuer Bridge, construída em 1408. 

Nela existe uma capela e ao lado um antigo moinho, que já foi usado como gerador de energia para a cidade.

Atravesse a ponte e chegue ao centro histórico da cidade. Uma área linda, toda medieval. 

Ali, não existe roteiro para seguir, apenas caminhe sem rumo pelas ruazinhas antigas, estreitas que tem suas histórias, que vão do carnaval à guerra, contada através das pinturas nas paredes.

Na região, é possível visitar também a muralha, com grande parte ainda preservada, que a protegia dos invasores nos tempos de guerra. 

Outro atrativo é o monumento do Leão, um dos mais famosos do mundo, esculpido em pedra em memória a Guarda Suíça dizimada durante a Revolução Francesa. 

Não deixe de parar para um café ou um drink a beira do lago para apreciar a paisagem e experimentar as delícias oferecidas pelos bares e restaurantes locais.

Paradas são obrigatórias:
2 – Museu Rosengart - que reúne acervo raro de Picasso e Paul Klee

Uma das principais atrações de Lucerna é sem dúvida o Museu Rosengart. O local reúne principalmente obras de Pablo Picasso – amigo da fundadora do museu, Angela Rosengart –, Paul Klee e também telas de artistas impressionistas, como Monet, e modernos, como Kandinsky. Ao todo são em torno de 300 obras.

3 – Para compras, duas lojas são paradas obrigatórias: A relojoaria e joalheria Bucherer e a fábrica de chocolate Max Chocolatier

Quando você pensa em Suíça o que vem primeira à cabeça? 
Certamente uma das primeiras respostas é: relógios Suíços e os tradicionais chocolates. Por isso alguns lugares não podem ficar fora do roteiro. 

A Bucherer, conhecida como “Casa Suíça dos relógios e joalheria”, fica no centro da cidade e oferece opções acessíveis de relógios a relíquias no valor de 1 milhão e 500 mil francos suíços. 

Foi fundada em 1888 e se preserva ainda hoje como uma empresa familiar, sendo parada obrigatória para quem deseja adquirir um fidedigno objeto de desejo símbolo de precisão ou mesmo admirar as principais grifes de relógio Suíço, que vão de marcas como Swatch a Tissot, Longines, Roger Dubuis, IWC, entre outras. 

Além disso, a Bucherer tem a maior seleção de relógios Rolex disponíveis em uma loja e uma fabulosa linha de joias e relógios homônimos da marca.

A alguns metros da Bucherer fica outro paraíso: a Max Chocolatier, uma pequena loja de chocolate onde a fabricação do produto é feita no local e, é possível, através de agendamento prévio, acompanhar o processo de produção e entender a origem do chocolate. 

Depois da visita, é hora de comprar os presentes. A lista de pedidos de chocolates é sempre grande quando você fala que vai a Suíça. 

Na Max Chocolatier todo o processo de produção é feito de forma manual. Produzido exclusivamente com matérias-primas naturais, quase a maioria dos produtos possuem o certificado Fairtrade, o que confere ao chocolate um sabor ainda mais especial. 

Dicas
Chocolate 64 %, trufas, chocolates com pimenta e especialidades sazonais. Uma verdadeira tentação.

Seguindo viagem e continuando as dicas:
A região de Lucerna é cercada de cidadezinhas muito charmosas onde algumas merecem que seja reservado um dia inteiro para a visita. 

Aqui vai uma dica: Se você tiver adquirido O Swiss Travel Pass um passe de trem exclusivo para turistas, ele também será válido para os barcos que ligam Lucerna a cidadezinhas vizinhas, bem como ônibus . 

Então, pegue um barco no cais que fica ao lado da estação de trem e siga viagem pelas águas tranquilas do Lago Lucerna, também chamado de Lago dos Quatro Cantões.

4 – Engelberg/ Tiltlis - Neve o ano todo
Essa é a quarta parada obrigatória e sem dúvida uma das partes mais marcantes dos arredores de Lucerna. 

A sugestão é vivenciar um típico Vilarejo Suíço a apenas 40 min. de Lucerna, chamado Engelberg, que transforma-se em um resort de esqui no inverno e um centro de lazer em contato com a neve eterna em pleno verão. 

O local é o berço do Monte TITLIS que fica a uma altitude de 3020 m. Vale passar o dia por lá. 

Chegue cedo para aproveitar o dia inteiro na montanha e ainda conhecer o pequeno vilarejo ao entorno da montanha. 

A primeira etapa de subida é realizada em um teleférico tipo gôndola para até seis pessoas, depois mais cinco minutos num teleférico tipo bondinho para até 80 pessoas e mais 5 minutos finais no Rotair, o primeiro bondinho giratório do mundo, que fora totalmente repaginado recentemente com janelas mais panorâmicas e maior espaço interno. 

Num giro de 360° é possível contemplar a paisagem esplêndida que se descortina desde os diversos matizes de verde até o branco da neve no cume dos Alpes Uraneses.

Lá no alto, mesmo durante o verão, é possível ver neve por todos os lados e a temperatura fica em torno de -1º.C, mas a sensação térmica por ser verão é no mínimo 10°C acima do que o termômetro geralmente marca. 

Visite a estação a pé, brinque nas áreas de lazer nos diversos brinquedos para deslizar na neve para crianças e adultos, caminhe sobre a ponte de pedestre suspensa, a mais alta da Europa a Cliff Walk, e sobrevoe as fendas da geleira com o Ice Flyer Chairlift. O Monte Titlis é para família, grupo de amigos, casal ou sozinho. 

Não faltam opções. No local há uma edificação de 5 andares com loja de souvenir, estúdio fotográfico, loja de chocolates, restaurante com deliciosas opções de comida típica e internacional e uma vista deslumbrante das montanhas nevadas. 

Na descida pare no meio da montanha na região Trübsee e desfrute de mais atividades em contato com a natureza nesta parte com vegetação exuberante e um lago de mesmo nome com aguas cristalinas onde barcos a remo ficam a disposição dos visitantes por uma contribuição de CHF 10,00.

Na descida, de volta ao Vilarejo, visite o Mosteiro Beneditino com fundação no ano de 1120 responsável pelo nome da cidade, já que na época conta à lenda que monges ouviram vozes anunciando o nome Engelberg, montanha dos anjos. 

O mosteiro abriga ainda uma fabrica de queijo, antigamente conduzida por monges que trocavam o insumo por mercadorias. 

Lá ainda vive cerca de 30 monges, que ficam reclusos, mas a queijaria é gerenciada por uma empresa familiar. 

Quando for, tente agendar uma visita guiada para conhecer sobre a produção com o sr. Ernest, mestre queijeiro e dono, figura carismática que explica como funciona a produção de forma didática e bem simpática. 

O passeio é bem interessante e delicioso. Compre o queijo fabricado no local. Uma verdadeira delícia. 

Trouxe para o Brasil sem problemas na alfandega. Lá ele deu a dica de como saborear o queijo como um verdadeiro suíço. Queijo, pão, batata cozida e acompanhando de um bom vinho. 

Por falar em vinho, a Suíça produz excelentes safras, mas como a produção é pequena só 1% é exportado. Não deixe de experimentar. Se possível, seguindo a dica do Ernest.

A quinta dica fica na região conhecida como Riviera da Suíça:
Para quem ainda quer descobrir outras partes da região a dica é usar o terceiro dia para fazer um passeio por Weggis e Vitznau. 

A região é super charmosa e pequenina, conhecida como Riviera Suíça. Chegue cedo, passeie pelas ruas encantadoras e almoce por lá. 

A região, embora pequena, oferece opções de gastronomia variada com serviço excelente, como o restaurante The Grape, próximo ao lago, com uma comida deliciosa e um clima que não dá mais vontade de sair dali. 

Mas como ainda tem um dia inteiro para aproveitar, ande até a estação de trem, não leva mais do que 10 min a pé, pegue o ônibus número 2, que vai em direção a Vitznau. 

Salte na estação homônima e de lá pegue um trem para Rigi Kaltbad. Desembarque nesta estação e lá você vai encontrar nossa quinta dica:

5 – Mineralbad & Spa Rigi-Kaltbad
O Spa tem assinatura do arquiteto suíço Mario Botta e é uma reverência aos banhos realizados pelos gregos, romanos e árabes, cultuado ao longo dos séculos. 

O Rigi Kaltbad Mineral Baths & Spa está localizado na praça da cidade recém-construída, 'Giardino Minerale’ - The Garden Mineral -, também projetada por Botta. 

A praça está cercada de um lado pela nova estação Cog Railway Vitznau-Rigi e por outro lado por uma torre redonda distintiva, que é a entrada principal para o Spa. 

É um lugar para descansar e relaxar. Ponha de lado o seu stress e as preocupações durante a sua estadia. 

Por algumas horas desfrute da esplêndida vista sobre as montanhas a partir do ponto de vista de Rigi Kaltbad de ambas as piscinas: interiores e exteriores. 

Se sair com tempo, desça até Weggis e desfrute de um espumante em um dos charmosos bares a beira do lago, antes de pegar o barco de volta.

Conhecer Lucerna e região é fazer uma viagem à idade média, quando o dia a dia da cidade era controlado por sinos e artesãos que trabalham nas ruas, relaxar na antiga vila de pescadores, se enriquecer culturalmente com atrações mundialmente conhecidas, entender o que há por trás das fachadas que fascinam por suas histórias de magia e tradição, mergulhar na arte através dos artistas e suas obras, se deliciar na gastronomia que mistura local e internacional, se divertir com a agitada vida noturna, ir às compras em suas diversas lojas e boutiques com produtos exclusivos. 

E. principalmente, é saber que a cada ida há sempre uma novidade e uma nova razão pra voltar.

O acesso ideal para chegar a Lucerna é de trem (a cada meia hora de Zurique e Berna), avião (aeroporto de Zurique), navio ou carro (rodovia A2 / A4).

Voos
SWISS e companhias parceiras www.swiss.com

Mais informações: http://www.luzern.com/en/ www.titlis.ch www.engelberg.ch Contato no Brasil: vcatao@titlis.ch

DIAMANTINA ABRE HOJE O PROGRAMA VESPERATA DE 2016, QUE IRÁ ATÉ O DIA 22 DE OUTUBRO. OS MÚSICOS FICAM POSICIONADOS NAS SACADAS DOS CASARÕES RUA DA QUITANDA E OS MAESTROS REGEM A ORQUESTRA DE UM TABLADO NO CENTRO DA RUA



Texto: Sérgio Moreira

A Vesperata é um evento ímpar, único, autêntico por ter suas origens nas práticas musicais tradicionais em Diamantina no século XIX, quando no período das vésperas (que são a parte da Liturgia das Horas, que é celebrada à tarde, entre 15 e 18 horas) músicos eram dispostos nas sacadas dos casarões para tocar para as pessoas que passeavam nas ruas.

Reeditada em 1998 para que expressasse as potencialidades culturais de Diamantina no pleito ao título de Patrimônio Cultural da Humanidade, a Vesperata ganhou o formato que mantem até hoje na Rua da Quitanda, com músicos da Banda do 3º Batalhão da PMMG e da Banda Mirim Prefeito Antônio de Carvalho Cruz posicionados nas sacadas dos casarões, com os maestros posicionados sobre um tablado no centro da rua se revezando na regência, cercados pelo público que ocupa as mesas dos estabelecimentos que ofertam serviços de alimentação durante o evento.

A Vesperata é reconhecida como um importante produto turístico-cultural do Brasil. Esse reconhecimento não se faz somente por aqueles que já tiveram a oportunidade de assisti-la, mas também por órgãos públicos como o Ministério do Turismo, que em 2010 premiou a Vesperata com o Troféu Roteiros do Brasil, por promover a Sustentabilidade Cultural no Município.

A Minhas Gerais Turismo é a empresa contratada pela Prefeitura de Diamantina para realizar a comercialização das mesas da Vesperata de Diamantina na Temporada de 2016.


Confira a baixo as datas da Temporada de 2016 da Vesperata de Diamantina:
18 e 25 de junho

09, 16 e 30 de julho

06 e 20 de agosto

17 e 24 de setembro

08 e 22 de outubro

sexta-feira, 17 de junho de 2016

NO PAÍS DAS RODOVIAS, FERROVIA DE 1.536 KM SERÁ CONSTRUÍDA PARA O TRANSPORTE DE MINÉRIO E GRÃOS, DENOMINADA PROJETO FEPASA, QUE DEVERÁ SER UMA NOVA CARAJÁS, QUE BENEFICIARÁ O PARÁ. O EDITAL DA CONCORRÊNCIA ESTÁ PREVISTO PARA SAIR EM SETEMBRO. PROJETO SERÁ DEBATIDO NA 22ª SEMANA DE TECNOLOGIA METROFERROVIÁRIA, QUE ACONTECERÁ DE 13 A 16/9, EM SÃO PAULO


O governo Temer aprovou, no dia 7 de junho, a execução do Projeto Fepasa e se dispôs a reunir os investidores e manifestar o apoio integral ao projeto.

Com isso, tira da frente a última barreira e risco do projeto, que impedia a tomada de decisão dos interessados e dependentes para a criação da ferrovia, que está sendo comparada a uma nova Carajás.

“Vamos terminar o PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) que está sendo executado pela Pavan Engenharia e Participações com o auxílio da empresa EPC - Engenharia Projeto Consultoria, para ser entregue em 60 dias, bem como preparar imediatamente uma apresentação aos investidores”, diz o engenheiro e presidente da empresa, Renato Casali Pavan.

Segundo Pavan, a Fepasa é um dos poucos projetos de infraestrutura viáveis de execução a curto prazo no Brasil.

Sua construção fará com que o Pará, a Amazônia e o Brasil tenham a mais moderna ferrovia do Brasil e do mundo, com 1.536 quilômetros de extensão, com capacidade para transportar 100 milhões de toneladas de minério e 20 milhões de toneladas de grãos por ano.

Eliezer Batista parceiro da Pavan nesse projeto ambicioso, diz “descobrimos uma nova Carajás” se referindo ao potencial de minério existente no traçado da nova ferrovia. “O próximo passo é a licitação, cujo, edital deverá ser publicado em setembro”, comenta.

Para garantir a exportação e importação, a Pavan com parceiro paraense, está desenvolvendo o super Porto de Brasil Norte - instalado ao lado de um Condomínio Industrial portuário - com 36 metros de profundidade e uma área de 20 milhões de metros quadrados.

“Será um Porto privativo constante de dois berços para operar navios “CAPE SIZE” de 175.000 toneladas de carga líquida, cujo custo do frete para a Asia é de U$15,00/ton, enquanto um navio Panamax custa U$30,00/ton”, explica Pavan.

O executivo conta que o porto terá ainda 10 terminais com 10 berços de atracação, para contêiner, grãos, fertilizante, carne frigorificada, coque, minério de ferro, bauxita, manganês, carga geral.

Todos Terminais são de Uso Privativo -TUP. Esse Complexo Logístico está situado no município de Abaetuba (PA).

Pavan participará da 22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária, que será realizada pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Metrô – AEAMESP, de 13 a 16 de setembro de 2016, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo (SP).

O executivo estará no painel 8 “Transporte ferroviário de carga no Brasil”, programado para o dia 15 de setembro, das 15h40 às 17h40 fazendo uma explanação sobre os estudos para a implantação da nova Fepasa, no Norte do Pará.

Os outros temas que serão abordados no painel são: repactuação das concessões ferroviárias; perspectiva do transporte ferroviário na malha da VLT e ações da MRS na Baixada Santista.



Sobre a Semana – Na sua 22ª edição, a Semana de Tecnologia Metroferroviária acontece em paralelo à METROFERR EXPO 2016 no período de 13 a 16 de setembro de 2016, no Centro de Convenções Frei Caneca, em São Paulo.

Durante os quatro dias de evento, técnicos das operadoras, dirigentes empresariais e profissionais do setor debaterão questões importantes relacionadas à mobilidade urbana nas grandes cidades.

Sobre a METROFERR EXPO 2016 – Realizada paralelamente ao Congresso, a METROFERR EXPO reúne empresas fabricantes de equipamentos metroferroviários, fornecedores de peças e serviços, entidades setoriais, mídias especializadas, etc. que trocam informações sobre as inovações oferecidas ao mercado.

Para conhecer as opções de apoio institucional, patrocínio e exposição, basta entrar em contato com Cristina Kerr, na CKZ Eventos: criskerr@ckzeventos.com.br ou telefone (112387-0111.

Serviço
22ª Semana de Tecnologia Metroferroviária e METROFERR EXPO 2016

Data: 13 a 16 de setembro de 2016

Local: Centro de Convenções Frei Caneca

Endereço: Rua Frei Caneca, 596, 4º – São Paulo – SP

quinta-feira, 16 de junho de 2016

THERMAS PIRATUBA PARK HOTEL MODERNIZA ADEGA E CRIA AÇÃO PARA PRESENTEAR CLIENTES, FAZ SORTEIO DE ROLHAS DOS VINHOS CONSUMIDOS NO HOTEL E PREMIA GANHADOR COM DUAS DIÁRIAS E UM JANTAR ROMÂNTICO


Para acompanhar a gastronomia de alto padrão oferecida aos clientes, o Thermas Piratuba Park Hotel, de Santa Catarina, acaba de investir na modernização da adega do Restaurante Espaço Jardim Gourmet. 

Além do ambiente moderno, aspectos como aclimatação e posicionamento adequado das garrafas foram levados em consideração no projeto, com objetivo de assegurar a qualidade dos vinhos.

Na carta, espumantes e vinhos de altitude da Serra Catarinense, como das Vinícolas Santa Augusta e Villaggio Grando, dividem espaço com rótulos da premiada Casa Valduga, da região Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul. 

Mas há também opções para quem aprecia as vinícolas dos hermanos chilenos e argentinos no cardápio do restaurante, caso do Finca la Linda, Concha Y Toro e Santa Helena.


E para comemorar a modernização de sua adega, o Thermas Piratuba Park Hotel lançou uma promoção que vai sortear duas estadias e um jantar romântico entre os participantes. 

Para cada garrafa adquirida, o cliente é convidado a assinar a rolha, com nome e data, e depois depositá-la em uma urna no interior da adega. 

Quando estiver cheia a urna, a rolha será sorteada e o ganhador além de duas noites de hospedagem para duas pessoas, será premiado com um jantar romântico.


Temporada de fondue
E para acompanhar as ótimas opções de vinho da adega, o Thermas Piratuba Park Hotel anuncia a temporada de Fondue, especialidade que será servida nas noites de terça e quarta-feira, no Restaurante Espaço Jardim Gourmet. 

A iguaria poderá ser degustada por hóspedes e pelo público em geral, nas versões carne, queijo e chocolate. 

Reservas e informações podem ser obtidas pelo telefone (49) 3553-0000 ou (49) 9127-9504. Os interessados devem fazer sua reserva antecipadamente, até o horário do almoço.

Sobre o Thermas Piratuba Park HotelArquitetado em estilo germânico para difundir, retratar e resgatar a cultura e colonização do município, o Thermas Piratuba Park Hotel é a opção ideal para quem busca tranquilidade e integração com a natureza. 

O Thermas Piratuba Park Hotel está localizado a 300 metros do Parque de Águas Termais e a 100m da avenida principal do município. 

O hotel apresenta uma estrutura diferenciada com duas piscinas internas com água aquecida e uma piscina externa com água temperatura ambiente. 

São 56 apartamentos amplos e confortáveis, todos com sacadas com vista para a natureza e banheiras. Informações e reservas: (49) 3553-0000 /reservas@thermaspiratubahotel.com.br.

Serviço
Thermas Piratuba Park Hotel
Rua Florianópolis, 88 - Centro, Piratuba (SC)
site: www.thermaspiratubahotel.com.br/
fanpage: www.facebook.com/ThermasPiratubaHotel
Telefone: (49) 3553-0000 / (49) 3553-0001
Email: reservas@thermaspiratubahotel.com.br

terça-feira, 14 de junho de 2016

NISSAN DESENVOLVE SISTEMA DE CÉLULA DE COMBUSTÍVEL DE ÓXIDO SÓLIDO PARA PRODUZIR ELETRICIDADE COM ALTA EFICIÊNCIA. A MONTADORA ANUNCIOU HOJE A PRODUÇÃO DO PRIMEIRO VEÍCULO QUE UTILIZA BIOETANOL, QUE GARANTE AUTONOMIA SUPERIOR A 600 KM


A Nissan Motor Co., Ltd. anunciou hoje que está realizando pesquisas para desenvolver um sistema de Célula de Combustível de Óxido Sólido (SOFC, ou Solid Oxide Fuel Cell, em inglês) que funciona com energia elétrica gerada por bioetanol. 

O novo sistema – pioneiro para uso automotivo – integra uma célula de combustível e-Bio com um gerador de força. SOFC é uma célula de combustível que utiliza a reação de múltiplos combustíveis, incluindo etanol e gás natural, com oxigênio para produzir eletricidade com alta eficiência.

Sobre a célula de combustível e-Bio
A célula de combustível e-Bio produz eletricidade por meio da SOFC como geradora de força, utilizando o bioetanol armazenado no veículo. 

A célula de combustível e-Bio utiliza hidrogênio transformado em combustível por meio de um oxigênio reformado e atmosférico, com a subsequente produção de eletricidade da reação eletroquímica para alimentar o veículo.

Diferentemente dos sistemas convencionais, o e-Bio integra a SOFC como sua fonte própria de energia, proporcionando maior eficiência de energia para dar ao veículo autonomias similares às dos carros movidos a gasolina (mais de 600 km). 

Além disso, as características de condução elétrica distintas dos carros com a célula de combustível e-Bio – que incluem condução silenciosa, partida linear e aceleração ativa – permitem aos usuários ter benefícios e confortos de um veículo puramente elétrico (EV, ou Electric Vehicle, em inglês).

Sistemas de células de combustível utilizam químicas que reagem com o oxigênio, gerando energia sem a liberação de subprodutos. 

Combustíveis bioetanol, incluindo aqueles derivados da cana-de-açúcar e do milho, estão amplamente disponíveis em países da Europa, Américas do Norte e do Sul e Ásia. 

A célula de combustível e-Bio utilizando o bioetanol pode oferecer um transporte ecologicamente correto e criar oportunidades na produção regional de energia, enquanto dá suporte à infraestrutura existente.

Quando a energia é produzida por meio de um sistema de célula de combustível, CO2 é geralmente emitido. 

Com o sistema de bioetanol, as emissões de CO2 são neutralizadas a partir do processo de cultivo da cana-de-açúcar que compõe o biocombustível, permitindo que haja um “ciclo neutro de carbono”, com aproximadamente nenhum acréscimo de CO2.

O futuro da célula de combustível e-Bio
No futuro, a célula de combustível e-Bio vai se tornar cada vez mais fácil de ser utilizada. 

O etanol misturado com água é mais fácil e mais seguro de ser manuseado que outros combustíveis. 

Ao mesmo tempo que removerá os limites para criação de uma infraestrutura totalmente nova, há enorme potencial de crescimento de mercado.

Os custos de funcionamento são notavelmente baixos, beneficiando tanto o público, quanto as empresas, pois a célula de combustível e-Bio é um ajuste ideal para todos, desde carros de passeio até veículos pesados.


A busca por uma Sociedade Zero EmissõesNa busca pela realização de uma sociedade de carros com emissões zero e fatalidades zero, a Nissan continua a promover a inteligência e a eletrificação dos veículos.

A companhia é comprometida com sua promessa de oferecer “Innovation That Excites”, seu posicionamento de marca, com novas tecnologias como as contidas no conceito “Nissan Intelligent Mobility”.

A célula de combustível e-Bio vai realizar o conceito de “Nissan Intelligent Power” promovendo maior eficiência e eletrificação de carros e maior prazer em dirigir, ao lado de baterias dos veículos elétricos, do Nissan Leaf, do Nissan e-NV200 e do e-Power, equipado com compartimento exclusivo para motor e gerador de energia de grande capacidade.

A Nissan vai continuar a gerar valor para seus consumidores por meio da incorporação de sistemas que permitem a extração da energia elétrica de vários combustíveis, ao abordar as questões de infraestrutura vinculadas ao fornecimento de energia em todas as regiões do mundo.