Translate

sexta-feira, 18 de abril de 2014

A ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DAS AGÊNCIAS DE VIAGENS RIO DE JANEIRO COMEMORA O DIA DO AGENTE DE VIAGENS, QUE ACONTECE 22 DE ABRIL, COM A 3ª EDIÇÃO DO EVENTO "ABAV /RJ PORTAS ABERTAS" NO DIA 28 DE ABRIL. VEJA COMO PARTICIPAR.


George Irmes presidente da ABAV
No próximo dia 28, a partir das 9h30, a sede da Abav/RJ será palco da terceira edição do “Abav/RJ de Portas Abertas”, que festeja o Dia do Agente de Viagens, comemorado em 22 de abril. 

Realizado na sede da entidade, o evento promove capacitação e networking ao oferecer palestras e o acesso a novidades, produtos e serviços de empresas de turismo.

“Queremos que o agente de viagens saia da associação inspirado para promover as mudanças necessárias e motivado para aprimorar seu trabalho e investir em si mesmo”, ressaltou o presidente da Abav/RJ.

Os agentes de viagens serão recepcionados, a partir das 9h30, com um café de boas-vindas. 


Às 10h, serão iniciadas as palestras. A primeira do professor de Turismo da Fundação Getúlio Vargas, Maurício Werner.


A segunda, às 14h, do consultor Evandro Corrêa e de que participarão as empresas Affinity Assistência, American Airlines, Coris, Esferatur, Intermac, Localiza, New It, Nice Via Ápia, RL Hopi Hari, Schultz e Travel Ace.

A última do presidente George Irmes acontecerá às 17h.

Para confirmar sua presença, basta enviar e-mail para abavrio@abavrio.com.br com o nome da agência e dos participantes.

A sede da Abav/RJ fica na Rua Senador Dantas, 76, 2º andar. Mais informações: 21 3231-7799.

Confira a programação completa:
9h30 – Café de boas vindas

Sala 1
10h às 13h: Workshop e exposição de produtos com as empresas Affinity Assistência, American Airlines, Coris, Esferatur, Intermac, Localiza, New It, Nice Via Ápia, RL Hopi Hari, Schultz e Travel Ace.

Auditório
10h00: Palestra “Atendimento como diferencial competitivo. Satisfação garantida ou seu cliente não volta”, por Mauricio Werner.

11h00: Apresentação Affinity Assistência

11h15: Apresentação American Airlines

11h30: Apresentação Coris

11h45: Apresentação Esferatur

12h00: Apresentação Intermac

12h15: Apresentação Localiza

13h00 às 14h00 - Intervalo

Sala 1
14h às 16h30: Workshop e exposição de produtos com as empresas Affinity Assistência, American Airlines, Coris, Esferatur, Intermac, Localiza, New It, Nice Via Ápia, RL Hopi Hari, Schultz e Travel Ace.

Auditório
14h: Palestra “Quatro Habilidades do Profissional Moderno: Atitude, Relacionamentos, Comunicação e Palavras”, proferida por Evandro Corrêa

15h: Apresentação New It

15h15: Apresentação Nice Via Ápia

15h30: Apresentação RL Hopi Hari

15h45: Apresentação Schultz

16h: Apresentação Travel Ace

16h30 às 17h: Coffee Break

17h: Palestra de encerramento, “Agência de Viagens Tradicional x Empresas Ponto Com”, proferida pelo professor e agente de viagens George Irmes.

18h: Sorteio dos prêmios oferecidos pelas empresas participantes e brinde de encerramento.

quarta-feira, 16 de abril de 2014

FERIADÃO DA PÁSCOA EM NOVA TRENTO REÚNE FÉ E LAZER. VEJA COMO FAZER SUA RESERVA


Nova Trento, SC – Com a realização da Missa de Ramos no último domingo, 13, foi aberta oficialmente a programação da Semana Santa no Santuário Santa Paulina em Nova Trento (SC). 


Durante o período de 18 a 20 de abril – momento em que se relembra a morte e ressurreição de Cristo - serão realizadas no santuário várias celebrações religiosas em diversos horários. 

Peregrinos, visitantes e turistas que visitarem o santuário poderão intercalar momentos de fé e oração com passeios no Bondinhos Aéreos Parque Colina localizado ao lado do santuário.

Em comemoração ao feriado de Páscoa, o parque está com decoração temática e estão programadas durante o período algumas atrações Pascoais. 

Presença do Coelhinho da Páscoa e painel temático para imagens fotográficas são alguns dos destaques.

“Como as atrações do parque são voltadas para as famílias, buscamos a cada ano trazer uma decoração diferenciada para encantar as crianças e proporcionar um passeio agradável durante esta semana tão especial”, explica um dos sócios diretores do parque Aristides dos Santos Júnior.


Lazer e fé nas atrações do Parque Colina
Rodeado por uma natureza exuberante, o Parque Colina é um local privilegiado por estar próximo ao segundo maior santuário do país. 

Na terra de Santa Paulina, considerada a primeira Santa do Brasil, reúne atrativos voltados à religiosidade permitindo momentos de reflexão aos visitantes e turistas como o velário, fonte da estátua de bronze de Santa Paulina e a Capela Nossa Senhora da Paz. Além das trilhas ecológicas, mirante e a árvore para amarrar as fitinhas de pedidos.

Passear com os bondinhos aéreos pelos 440 metros percorridos entre a Estação de Embarque até a Estação da Colina torna-se um momento de relaxamento. 

Outro atrativo é o Bonde Turístico que percorre todo o entorno do parque e passa pelos principais pontos que contam a história da vida de Santa Paulina na região.

Parte emocionante do passeio é a visita ao 1º Museu de Cera Sacro do País - ambiente recriado para expor importantes personalidades religiosas - onde estão expostas as imagens do Papa João Paulo II e a da Santa Paulina. 

Para quem se interessa por assuntos sacros, principalmente pela fé católica, é visita obrigatória.

Mais informações sobre o Bondinhos Aéreos Parque Colina: www.parquecolina.com.br

Horário de atendimento: Terça a domingo – 9h às 18h

Localização: Rua Nicolau Nicolodi, 501, Nova Trento, SC

Telefone de reservas: (48) 3267-4047

Mais informações sobre o Santuário: www.santuariosantapaulina.org.br

segunda-feira, 14 de abril de 2014

COPILOTO DO VOO 138Y, ENTRE CIDADE DO PANAMÁ E CIDADE DO MÉXICO, DA COPA AIRLINES, NO DIA 30/3, DESTEMPERADO E PREPOTENTE, E COBRINDO A IDENTIFICAÇÃO COM O BRAÇO, CRIOU UMA GRAVE SITUAÇÃO DE CONSTRANGIMENTO A PASSAGEIROS BRASILEIROS.


O despreparo e a arrogância do copiloto do voo 138Y, da Copa Airlines, no último dia 30 de março de 2014, no trecho Cidade do Panamá-Cidade do México, transformou um simples e ligeiro mal entendido entre dois passageiros durante a colocação da mala de mão no bagageiro sobre o lugar a eles destinados, 8 D e 8 E, em uma situação de constrangimento grave, inadmissível numa empresa membro da Star Aliance.

O passageiro brasileiro, exatamente eu, Arnaldo Martins Moreira, que viajava com minha mulher, Lana Carla Mendonça Freires, para poder colocar suas malas de mão no bagageiro, afastei com o máximo cuidado, a bagagem mal arrumada e espalhada de um passageiro mexicano, sentado com a mulher nos lugares 9 D e 9 E. Inesperadamente, o mexicano gritou que eu não podia mexer na sua bagagem.

Na verdade, o mexicano devia saber que não estava só no avião e que o bagageiro não seria só para ele. É só uma questão de educação. Um casal que viajava conosco ficou estupefato e revoltado com a prepotência do copiloto.

Educada e calmamente disse-lhe, em espanhol, que apenas afastei um pouco a bagagem dele para poder acomodar a minha e que o fiz com todo o cuidado.

A comissária assistia impávida à situação e decidi pedir-lhe que ela então resolvesse o problema. A comissária, uma moça nova, inexperiente, colocou a mala no bagageiro e foi em direção à cabine e eu sentei-me em meu lugar, ao lado de minha mulher.

Entretanto, o assunto foi encerrado entre mim e o mexicano com um aperto de mão. Pedi desculpas e o mesmo fez o mexicano pelo mal entendido e ainda ficamos conversando sobre a Copa do Mundo.

De repente, surge o copiloto – tinha três galões na camisa -, acompanhado da chefe de cabine. Sem perguntar o que acontecera e mostrando total desconhecimento do que ocorrera dirigiu-se a mim, perguntando-me se entendia espanhol ou inglês.

Respondi-lhe que entendia espanhol e de imediato ele me avisou, de dedo em riste, COBRINDO COM O BRAÇO SUA IDENTIFICAÇÃO, que eu tinha duas alternativas: ser retirado do avião por dois seguranças, que estavam na porta da aeronave, ou mudar de lugar, deixando todos sem entender o que se passava.

O passageiro mexicano explicou que não havia problema nenhum que tudo não passara de um mal entendido, mas do alto de sua arrogância, numa atitude nazista, esse piloto ignorou o apelo do passageiro mexicano para que eu ficasse no meu lugar, e repetiu, 
sem o menor respeito, que ou eu mudava de lugar ou seria levado para fora da aeronave.

Seu dever, se o problema ainda persistisse, seria apaziguá-lo, e, não existindo, desejar boa viagem aos passageiros e não os constranger – o que creio não é política da Copa Airlines. Ou será?

Aceitei mudar de lugar e a chefe da cabine disse-me, em tom grosseiro: “Siga-me” e levou-me para o assento 21 A, onde fiquei prisioneiro, até o fim de viagem, na Cidade do México, sem sequer poder voltar ao lugar onde minha mulher estava.

Uma companhia como a Copa Airlines, nem nenhuma outra, pode ter funcionários – creio eu – que maltratem, destratem, constranjam seus clientes.

A Copa Airlines deve respeito a seus passageiros e fui enxovalhado por essa companhia panamenha, através de um piloto sem educação.

Nos meus quase 65 anos, nunca fui alvo de uma situação vergonhosa como a que a Copa Airlines me submeteu e a minha mulher.

Sou jornalista profissional, especializado em Turismo, Registro Profissional do Ministério do Trabalho nº 13.067, Rio de Janeiro, membro do SKAL Internacional, do Rio de Janeiro, nº 012012042, onde sou diretor de Imprensa, e da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo, já viajei pelo mundo nas mais diversas companhias: TAM, Gol, Varig, Iberia, TAP Air Portugal, Air France, Lauda Air, Brisths Airways, Aerolineas Argentinas, United Air Lines, Delta, American Airlines, entre outras, e jamais causei nenhum problema, como também, não o gerei, nesse famigerado voo da Copa Airlines.



Uma companhia aérea do porte da Copa Airlines deve preparar melhor seus funcionários para que respeitem e não constranjam seus clientes. Ao consultar o site “Reclame Aqui” verifiquei que são inúmeras as queixas de quem já voou pela Copa Airlines.

Copa Airlines destrói mala e não paga
Para piorar a imagem com que fiquei da Copa Airlines, e fechar a viagem na Copa com chave de lata enferrujada, ao desembarcar no Rio de Janeiro, na noite de 12 de abril, do voo 873Y, minha mala estava danificada.

No balcão da Copa Airlines soube pelo funcionário, Rui Porto que a companhia de acordo com suas normas não se responsabiliza por danos melhores nas malas despachadas dos passageiros. 

Outros três passageiros tiveram as malas danificadas também e uma outra das minhas duas malas teve o lacre colocado no check-in da Copa, em Cancun, decerto o funcionário que o arrancou não foi para colecionar lacres...

A minha mala veio com um dos pés quebrados, mas de acordo com um dos itens de suas normas sobre “Bagagem Danificada” os “danos nas rodas, na base inferior, alças extensíveis e bolsos externos” não são da responsabilidade da Copa Airlines.

O problema é que entreguei no check-in uma mala em perfeitas condições que me foi devolvida danificada e a lei brasileira determina no seu Código de Defesa do Consumidor a responsabilidade das companhias nesses casos.

Se a Copa Airlines não quer obedecer às leis brasileiras deveria deixar de operar no Brasil.

domingo, 13 de abril de 2014

BALNEÁRIO CAMBURIÚ PODE SER UMA BOA OPÇÃO PARA O FERIADÃO DA PÁSCOA E TIRADENTES


Balneário Camboriú, SC - Para o período de 17 a 21 de abril, o Infinity Blue Resort e Spa oferece opção com quatro diárias em apartamento superior duplo para duas pessoas, incluindo cortesia para duas crianças de até cinco anos no quarto dos pais, a partir de 6 vezes de R$ 659,00 + 2,5% ISS.

Os valores incluem pensão completa (café, almoço e jantar) além de uma variada programação de lazer para crianças e adultos. No domingo de Páscoa será servido almoço com cardápio temático.

“No feriado de Páscoa os hóspedes do Infinity Blue poderão aproveitar dias agradáveis à beira-mar em uma estrutura convidativa à família que poderá se divertir com as atividades preparadas pela recreação, degustar de gastronomia de alta qualidade, relaxar no nosso SPA e ter atendimento diferenciado e muito conforto”, ressalta o diretor geral Alberto Cestrone.


Coelhos e chocolates no resort
Coelhos e muito chocolate estarão à espera das famílias que se hospedarem no resort durante a Páscoa. Destaque especial para as atividades de recreação envolvendo as crianças, como: fazendinha do Sr. Pascoalete com coelhos de verdade, Caça aos Ovos de Páscoa, Festa do Chocolate, o Resgate do Coelho além da encenação da história de João e Maria e a Casa dos Doces. 

Oficinas de culinária também fazem parte da programação. Os pequenos irão aprender a fazer pizza de chocolate, brigadeiros e, claro, os ovos de Páscoa.

Jovens e adultos poderão participar do Momento Gourmet com oficina de culinária ou do Momento Bem Estar com dicas de beleza, sucos medicinais e lanches light. Também são atrações o show de Comedy TV, sarau, planetário e as oficinas eletrônicas de light painting, stop motion e fotografia básica. Todas as atividades de recreação estão incluídas no pacote.

Já no SPA do resort serão oferecidas terapias à base de chocolate como banho e massagem para adultos e crianças, estas pagas a parte.

O Infinity Blue é uma empresa do Grupo Embraed e é associado à Resorts Brasil.

Agende-se
Pacotes para o feriado de Páscoa no Infinity Blue

Período de 17 a 21 de abril de 2014

4 diárias com pensão completa

A partir de 6x de R$ 659,00 sem juros no cartão

Informações e reservas: (47) 3261-0300

www.infinityblue.com.br

sábado, 12 de abril de 2014

GRAMADO LOTADA PARA RECEBER O MAIOR COELHO DE CHOCOLATE DO MUNDO


No segundo final de semana de atividades do Chocofest, o evento apresentou um desfile de Páscoa com milhares de espectadores, que além de alegria e muita diversão tiveram a oportunidade de conferir o maior coelho de páscoa do mundo, que foi feito em parceria com o Senac – RS. 

A peça ficará exposta até o final do evento, que se encerra no dia 21 de abril. Mais de cinco toneladas de chocolate foram utilizadas para fazer o coelho, que tem quatro metros de altura, dois de largura e 1,70 de profundidade.

Antes de apresentar aos visitantes a atração, o diretor regional do Senac – RS, José Paulo da Rosa lembrou da antiga parceria da instituição com o Chocofest: “Nos últimos anos sempre tivemos esta parceria com o evento. Antes era com o desfile de moda em chocolate, e em 2014 com o coelho. Com certeza manteremos este laço com o Chocofest e com Gramado”, ressaltou o diretor.

Representando a organização do evento, a diretora Marta Rossi deu as boas vindas ao representante do Guinness Book, e lembrou da importância da parceria com o Senac: “Juntamente com o Senac, e sua equipe de trabalho, podemos transformar este sonho em realidade, e o coelho está aqui para marcar o nome de Gramado no Livro dos Recordes”, concluiu Marta.


Gramado Aleluia

Amanhã serão iniciadas as atividades da semana santa no Chocofest. Uma das novidades do Gramado Aleluia neste ano será o novo formato da Procissão de Ramos, que ocorre amanhã, 13, às 9h30 e que tradicionalmente acontecia com saída do Hospital Arcanjo São Miguel, e que agora terá início na praça das Etnias, percorrendo a avenida Borges de Medeiros até a Igreja Matriz São Pedro. 

Ainda no domingo, ocorrerão programações em diversas igrejas de Gramado, com a “Música na Igreja”, que no domingo será realizada na igreja Evangélica Luterana Concórdia, às 8h45, e na igreja Evangélica Confissão Luterana Apóstolo Paulo (Igreja do Relógio), às 11h.

sexta-feira, 11 de abril de 2014

O RIO BOAT SHOW VOLTA À MARINA DA GLÓRIA CADA VEZ COM MAIOR NÚMERO EXPOSITORES E PRODUTOS. A LINHA DE IATES AZIMUTE ESTÁ COMPLETA NO CERTAME MARÍTIMO CARIOCA.

O Rio Boat Show 2014 acontece na Marina da Glória, Rio de Janeiro até o dia 15 de abril. 

O grupo italiano Azimut-Benetti será o grande destaque do evento com as luxuosas embarcações expostas das marcas: Azimut Yachts e Benetti.

Entre elas, está o maior iate da feira náutica, a quinta Benetti Delfino 93 do mundo, a “Zaphira” (BD005). Com design diferenciado - sendo facilmente distinguida pelo seu impressionante casco azul - Zaphira reúne alta tecnologia, desempenho, funcionalidades exclusivas, luxo e conforto características típicas de um grande iate. 

A exclusividade presente na embarcação é a síntese do estilo e da experiência Benetti e poderá ser apreciada durante a sua primeira aparição em um evento náutico brasileiro.

Além disso, será no Rio Boat Show que a unidade de fabricação da Azimut Yachts no Brasil lançará o primeiro modelo de 70 pés produzido em terras brasileiras. 

Os outros modelos já fabricados no País também serão apresentados – Azimut 43, 48 e 60 pés.

No Rio Boat Show, o Grupo Azimut-Benetti conta com o apoio de: Hermans Decanter Vinhos, Som Mendonça, Ambev, Budweiser e Lavassa.

Azimut Yachts fabricados no Brasil presentes no Rio Boat Show

Azimut 43
Azimut 43 se diferencia por seu design interno com móveis elegantes em linhas retas que proporcionam mais espaço e conforto. 

No interior possui sistema diferenciado de iluminação e modernas instalações além de mobiliário nobre, acabamentos exclusivos e equipamentos domésticos sofisticados na área de convivência. 

Além do design italiano, do conforto, privacidade e elegância, a Azimut 43 ainda demonstra potência com dois motores 480mHP MAN que permitem alcançar uma velocidade máxima de 33 nós e velocidade de cruzeiro de 29 nós.

Azimut 48
Mais um fino exemplar da coleção Flybridge, a Azimut 48 têm suas linhas e perfil projetados para dar a impressão de movimento mesmo quando está parada. 

Um barco de quase 16 metros que reúne ambientes espaçosos - com destaque para o flybrigde de 15 m²- estruturado de forma funcional sem perder a elegância e o conforto. 

Com a dinette adicionada ao salão principal bem equipada, ambas privilegiadas pela luminosidade abundante, colocam a Azimut 48 no topo da lista dos proprietários de iates que buscam embarcações elegantes e funcionais.

Azimut 60
Conforto, requinte e privacidade são as características mais marcantes do design da Azimut 60. 

Suas amplas janelas em linhas curvas ao redor do deck superior tornam o iate inconfundível e imponente mesmo à distância. 

Seu fly e cockpit são os mais amplos da categoria. Sua área interna otimiza espaços tanto no formato quanto na disposição dos móveis o que garante a máxima capacidade e ergonomia ocupando o mínimo de espaço. 

Seus motores chegam a uma velocidade de 32 nós e atendem perfeitamente as exigências dos clientes brasileiros que buscam por alto padrão de qualidade sem abrir mão do desempenho.

Azimut 70
A embarcação, que faz parte da coleção Flybridge da Azimut Yachts propõe o máximo de prazer de vida a bordo. 

Alia o conforto das 4 suítes, a elegância do deck principal e o maior e mais bem estruturado flybridge da categoria. 

Para quem observa o imponente iate, os 22 metros – que já são grandes - parecem ainda maiores. 

Essa sensação cresce graças às linhas inéditas das janelas, assinadas pelo designer Stefano Righini – mais de 15 m² de superfície. 

O completo deck inferior conta com 4 amplas cabines e 4 banheiros. No flybridge são 30 m² para aproveitar a navegação em contato com a natureza.

Implantado pelo estaleiro brasileiro na construção da primeira Azimut 70 nacional está uma churrasqueira adicional localizada na plataforma de popa da embarcação – mais uma inovação da marca criada para agradar o público do Brasil e que já está sendo implantada também pela matriz italiana.

Mais informações: www.azimutyachts.com

www.benettiyachts.it

Serviço: Rio Boat Show

Data: até 15 de abril
Horário:  dias de semana - de 14h às 22h / sábado e domingo - de 12h às 22h.

Local: Marina da Glória – Av. Infante Dom Henrique, s/n – Glória – Rio de Janeiro.

JORNALISTA DE TURISMO, CLÁUDIO MAGNAVITA DEIXA SUBSECRETARIA E ASSUME SECRETARIA DE ESTADO DE TURISMO FLUMINENSE, NOMEADO PELO GOVERNADOR PEZÃO.


O Governador Luiz Fernando Pezão nomeou, nesta quinta-feira, 10/04, Cláudio Magnavita  Secretário de Estado de Turismo do Rio de Janeiro. 

"O meu primeiro ato será criar o Comitê Gestor com representantes dos principais setores produtivos do turismo para estabelecer uma rotina de gestão compartilhada. Os principais projetos da Setur terão a participação direta do trade turístico. Estaremos seguindo o exemplo dos principais destinos internacionais que atuam de forma conjunta: governo e iniciativa privada", afirma Magnavita.

Esta é a primeira vez que um profissional de trade assume um cargo de primeiro escalão no Estado do Rio de Janeiro. Este fato reverte-se da maior importância para o setor de Turismo carioca e fluminense.  
Jornalista, 54 anos, especializado em turismo e aviação ocupava o cargo de Subsecretário da mesma pasta, para o qual foi nomeado em maio de 2013. 

Trade turístico aprova
A nomeação do Governador foi comemorada pelo trade turístico. Alexandre Sampaio, presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação e do Conselho de Turismo e da Câmara Empresarial de Turismo da CNC(Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) disse considerar fundamental, mesmo num período de transição, termos uma indicação do trade de turismo na Secretaria de Estado de Turismo. 

“Isso é um processo que demonstra a sintonia do poder público com a iniciativa privada, já que teremos um porta voz das posições e necessidades do segmento e um interlocutor dentro da esfera pública. Oxalá que outras secretarias de turismo, a exemplo do Rio de Janeiro, tenham suas secretarias estaduais de turismo, mesmo que seja nesse momento de transição, ocupadas por alguém que realmente represente a indústria do turismo”, afirmou Alexandre.

Para Alfredo Lopes, presidente da ABIH-RJ (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro) é a primeira vez que uma indicação do trade turístico é atendida por um governante no Rio. 

"Como Subsecretário, Magnavita seria o sucessor natural do Ronald Ázaro, na Setur, dando continuidade a um trabalho que foi reconhecido pelas lideranças turísticas fluminenses. O nome do novo Secretário foi referendado pelas entidades que compõe o Conselho Estadual de Turismo, na ultima reunião do CET, recebendo o apoio de todo o setor" lembra Lopes.

"Ronald Azaro iniciou esta interação com a minha própria indicação como Subsecretário. O apoio que recebi do Ázaro, que é hoteleiro, foi fundamental para está nova fase. Estamos implantando o planejamento estratégico em parceria com a iniciativa privada que transcenderá os nossos oito meses de gestão. Com o apito final da Copa do Mundo deixaremos de ser um das doze cidades sedes e seremos a única cidade Olímpica. O Estado do Rio será o centro das atenções nós próximos três anos" complementa o novo secretário estadual.

Magnavita é conselheiro titular do Conselho Nacional de Turismo - CNT, do Ministério do Turismo, do qual integra o Grupo Gestor do Conselho Nacional, sendo um dos responsáveis pela redação do Plano Nacional de Turismo 2013/2016 e do Documento Referencial do Turismo 2011/2014. 

É, ainda no Conselho do Mtur, coordenador da Câmara de Segmentação Turística. Foi nomeado, em 2013, conselheiro titular do Conselho Consultivo da ANAC- Agência Nacional de Aviação Civil.

O novo Secretário já foi diretor da TurisRio (Companhia Oficial de Turismo do Estado do Rio de Janeiro), da Bahiatursa (Empresa Oficial de Turismo da Bahia), da Emtursa ( Empresa Oficial de Turismo da Cidade de Salvador) e diretor da Secretaria de Esportes e Turismo do Estado de São Paulo. 

Na Imprensa é presidente da Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo do Rio de Janeiro e proprietário do Jornal de Turismo, e foi repórter especial do Jornal do Brasil e Gazeta Mercantil. 

O primeiro programa de turismo e aviação em rede nacional de televisão foi apresentado por Magnavita e veiculado pela Rede CNT e, anteriormente, pela Rede Record.

Na área cultural, Cláudio Magnavita também tem atuação marcante. Foi produtor dos musicais Cole Porter, Company, Cantoras do Rádio, Carmem Miranda By Dusseck, Caminito, Cantores do Chuveiro e autor dos musicais Constellation e Comunitá.

segunda-feira, 31 de março de 2014

PROJETO CAMPEÕES DE RUA QUE ACONTECERÁ NO RIO DE JANEIRO ATÉ O DIA 5 DE ABRIL É PATROCINADO PELA CHEVROLET E O INSTITUTO GENERAL MOTORS. REÚNE ADOLESCENTES DE 14 A 17 ANOS DE 19 PAÍSES.


São Caetano do Sul – A Chevrolet em parceria com o Instituto General Motors, patrocina o projeto Campeões da Rua, uma competição de futebol entre meninos e meninas de vários países do mundo que vivem em situação de rua, dando-lhes a oportunidade de representar seus países e os milhões de crianças que ainda vivem ou trabalham nas ruas, além de mostrar ao mundo o potencial que cada criança tem.

Em sua segunda edição, a primeira foi na África do Sul, o projeto Campeões da Rua é realizado sempre antes de cada Copa do Mundo da Fifa, e tem como objetivo chamar atenção para a situação e pedir mais proteção e oportunidades para crianças e adolescentes de todo mundo.

"Estamos juntos neste projeto, pois acreditamos que a força do futebol pode inspirar mudanças na vida dos jovens, seja qual for sua nacionalidade. Crianças e adolescentes que vivem nas ruas são um problema global. Cada um de nós tem um papel a desempenhar para dar a essas crianças o apoio de que necessitam, afirma Edgard Lourençon, diretor de Marketing, Vendas e Pós Vendas da GM América do Sul.

Segundo Lourençon, projeto tem como objetivo alertar o mundo para as necessidades de crianças e adolescentes que ainda vivem ou trabalham nas ruas. 

O momento é oportuno, pois estamos há poucos dias para o início da Copa do Mundo da Fifa, o que desperta mais atenção da mídia e das autoridades.


O Rio de Janeiro foi escolhido para ser a sede da competição que ocorre entre 30 de março e 6 de abril, com torneios de futebol e uma conferência que serão realizados no Espaço Lonier, em Vargem Pequena. 

O espaço acolherá cerca de 200 crianças vindas de 19 países. Além de competir em campo, as crianças de ambos os sexos – entre 14 e 17 anos – vão unir forças para despertar a consciência sobre a existência de milhões de crianças, em todo o mundo, que vivem em situação de rua.

O encerramento e os jogos finais dos Campeões da Rua serão realizados no dia 6 de abril na sede do Fluminense, nas Laranjeiras.

"Este tipo de competição estimula o espirito de liderança e trabalho em equipe, além de descobrir talentos nas comunidades do Brasil e demais países'', destaca Pedro Luiz Dias, diretor de Comunicação da GM e presidente do Instituto General Motors do Brasil.

O fundador dos Campeões da Rua, John Wroe, afirma que não poderia haver uma cidade mais perfeita para sediar os Campeões da Rua: "Com a atenção do mundo voltada para o Brasil e o Rio de Janeiro, este é o melhor lugar para dar a essas crianças a plataforma que merecem, lembrando às pessoas dos direitos de todas as crianças, independentemente da sua história".

O projeto contará com a participação de duas equipes brasileiras. Uma equipe de meninas virá de uma organização baseada no Rio, a Fundação IBISS, que luta, em mais de 60 comunidades, contra a exclusão social, a pobreza, a discriminação e a violência contra crianças. 

A equipe brasileira de meninos virá do O Pequeno Nazareno, uma organização com sede em Fortaleza, e será formada por meninos que saíram da situação de rua, de Fortaleza e Recife.

Além do Brasil, a competição contará com equipes da Argentina, El Salvador, Nicarágua, Estados Unidos, Inglaterra, África do Sul, Moçambique, Zimbabwe, Tanzânia, Burundi, Quênia, Maurício, Libéria, Egito, Filipinas, Paquistão, Índia e Indonésia. 

O torneio ganhou o apoio de personalidades de alto perfil, incluindo Desmond Tutu, Pelé, David Beckham e Sir Alex Ferguson.

Em sua segunda edição, o campeonato busca dar visibilidade à situação das crianças em situação de rua.

"Por meio do projeto Campeões da Rua queremos desafiar a percepção negativa e o tratamento que é dado a essas crianças", explica Joe Hewitt, diretor da organização inglesa Street Child World Cup no Brasil.

Situação das crianças no Brasil Segundo pesquisa de 2011 do Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (Conanda), o Brasil tem cerca de 24 mil crianças e adolescentes em situação de rua. Realizado em 75 cidades, o levantamento revelou o perfil dessa população. 

Cerca de 70% são do sexo masculino, 45% estão na faixa etária dos 12 e 15 anos e 72% se declararam pardo, moreno ou negro.

A situação de privação de direitos é disseminada. Uma em cada dez crianças não se alimenta diariamente e mais de 65% exercem alguma atividade remunerada. 

Mais da metade das crianças já passou por alguma situação de violação de direitos, como ser barrada ao entrar num estabelecimento ou ser impedida de receber atendimento na rede de saúde. 

Das crianças que dormem nas ruas, 70% dizem que saíram de casa por conta da violência.